domingo, 26 de outubro de 2014

Alguns números da reeleição de Dilma: 87% dos piodozenses votaram na presidenta.


Dilma Rousseff é reeleita presidenta do Brasil. Dilma conquistou 51,64% dos votos, enquanto Aécio Neves (PSDB) obteve 48,36%.
A reeleição de Dilma representa a vitória da liberdade, da tolerância, do respeito aos direitos humanos. Sai derrotada a direita e o capital estrangeiro; saem derrotados os que têm preconceito contra pobres, mulheres, negros e homossexuais; sai derrotado o projeto de privatizações e rebaixamento de salários do PSDB, da Rede Globo e da revista Veja. Saem derrotados os que têm saudade da terrível ditadura militar. Vence o sofrido povo brasileiro.
O Maranhão foi o estado em que proporcionalmente Dilma teve mais votos, seguido por Piauí e Ceará.
Em Pio XII, a presidenta recebeu 87% dos votos.
Dilma venceu também em Minas Gerais, estado em que Aécio Neves foi governador. Vejam os números:

Pio XII:
Dilma: 11.192 votos (87,09%)
Aécio: 1.659 votos (12,91%)

Maranhão:
Dilma: 2.474.790 votos (78,76%)
Aécio: 667.448 votos (21,24%)

Piauí:
Dilma: 1.384.155 votos (78,29%)
Aécio: 383.740 votos (21,71%)

Ceará:
Dilma: 3.522.225 votos (76,75%)
Aécio: 383.740 votos (23,25%)

Minas Gerais:
Dilma: 5.979.329 votos (52,41%)
Aécio: 5.528.776 votos (47,59%)

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Porque votar na Dilma


Não pretendia escrever sobre o segundo turno da eleição presidencial. Porém, é impossível ficar calado diante da gravidade do cenário politico brasileiro.
A gravidade consiste na possibilidade da eleição de Aécio Neves.
Aécio tem o senhor Armínio Fraga como um dos elaboradores da proposta econômica do seu partido e, se eleito, seu futuro Ministro da Fazenda. Fraga foi ministro de Fernando Henrique Cardoso, o FHC, cujo governo deixou como herança para os brasileiros a elevação do endividamento público, o crescimento do desemprego, a desnacionalização da economia e a concentração da renda (ricos mais ricos, pobres mais pobres). Armínio Fraga trabalhou e tem laços de amizade com o bilionário George Soros, o megaespeculador das bolsas de valores. Não é coincidência que o jornal Financial Times, em sua edição de 17 de setembro último, saudou Fraga como o nome certo para dirigir a politica econômica do Brasil. Assim, um eventual governo do PSDB representaria o direcionamento do país para a especulação internacional.
Também nos preocupa o ódio que aliados de Aécio demonstram em relação a negros, pobres, nordestinos, homossexuais e beneficiários do Bolsa Família. Tornaram-se comuns postagens na internet, vídeos e textos em que aliados do candidato tucano apresentam-se como “superiores” aos eleitores de Dilma e apresentam várias propostas fascistas como, por exemplo, a esterilização em massa das mulheres nordestinas.
Como Aécio acha que em 1964 não houve um golpe militar no Brasil, não é de se estranhar que atraia gente fascista e que prega a violência contra os mais pobres, bem como os que sonham com uma nova ditadura militar, como os membros do Clube Militar que o apoiam, “militares e civis de excelente poder aquisitivo”, como eles mesmos se declaram.
Por que será que a possibilidade de Aécio ser eleito virou motivo de comemoração para as multinacionais do petróleo? (ver matéria: http://mobile.bloomberg.com/news/2014-10-10/shell-to-halliburton-seen-winning-with-brazil-s-neves.html). Essa alegria toda não é pensando na elevação da qualidade de vida dos brasileiros, mas nos lucros fantásticos que o petróleo brasileiro pode gerar para as empresas estrangeiras.
Aécio eleito representaria um grande retrocesso econômico para o país e o aumento do ódio contra os oprimidos, inclusive com a possibilidade de institucionalização de medidas fascistas e retrocesso em direitos civis e conquistas sociais.
Mesmo com suas limitações, o governo do PT conseguiu, entre outras coisas, aumentar a renda do brasileiro e atuar de maneira soberana no cenário internacional: quando antes tínhamos visto um governo brasileiro agir com autonomia diante do governo dos Estados Unidos como fez a presidenta Dilma?
Por todas essas razões (mais inúmeras outras, tais como o machismo e o cinismo de Aécio etc.) é que devemos dizer NÃO ao candidato do PSDB e reeleger Dilma Roussef. 

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Veja como foi a eleição em Pio XII



A presidente Dilma Roussef obteve 82,56% dos votos válidos em Pio XII. 68,75% dos piodozenses votaram em Flávio Dino para o governo do Maranhão. Roberto Rocha foi o senador mais votado, com 64,4% dos votos. O deputado federal mais votado foi Alberto Filho, com 2.850 votos e o estadual mais votado foi Edson Araújo, com 1.853 votos.
Abaixo, a relação ampliada dos mais votados em Pio XII:

Presidente:
1º - Dilma: 10.344 votos
2º - Marina: 1.217 votos
3º - Aécio: 836 votos

Governador:
1º - Flávio Dino: 8.270 votos
2º - Lobão Filho: 3.724 votos

Senador:
1º - Roberto Rocha: 7.571 votos
2º - Gastão Vieira: 4.138 votos

Deputado Federal:
1º - Alberto Filho: 2.850 votos
2º - Julião Amin: 2.763 votos
3º - Trinchão: 2.566 votos
4º - Luana Alves: 677 votos
5º - Cleber Verde: 550 votos
6º - Alexandre Araújo: 509 votos
7º - João Marcelo: 370 votos
8º - Eliziane Gama: 238 votos
9º - Juscelino Filho: 177 votos
10º - Waldir Maranhão: 163 votos

Deputado Estadual:
1º - Edson Araújo: 1.853 votos
2º - Fernando Furtado: 1.847 votos
3º - Adriano Sarney: 1.816 votos
4º - Fábio Macedo: 1.487 votos
5º - Carlinhos Florêncio: 947 votos
6º - Fabilson Portela: 832 votos
7º - Júnior Verde: 438 votos
8º - Sousa Neto: 405 votos
9º - Zé Inácio: 347 votos
10º - Roberto Costa: 315 votos

Veja abaixo os eleitos no Maranhão para deputado federal e deputado estadual:

Eleitos – Deputado Federal – Maranhão:
1º - Eliziane Gama
2º - Hildo Rocha
3º - Rubens Pereira Júnior
4º - Cleber Verde
5º - Sarney Filho
6º - Zé Carlos
7º - Zé Reinaldo
8º - Pedro Fernandes
9º - Victor Mendes
10º - Juscelino Filho
11º - João Marcelo
12º - Weverton Rocha
13º - Alberto Filho
14º - Waldir Maranhão
15º - André Fufuca
16º - João Castelo
17º - Júnior Marreca
18º - Aluisio Mendes

Eleitos – Deputado Estadual – Maranhão:

1º - Josimar de Maranhãozinho
2º - Glalbert Cutrim
3º - Ana do Gás
4º - Andrea Murad
5º - Dr. Antonio Pereira
6º - Humberto Coutinho
7º - Roberto Costa
8º - Edilázio
9º - Edson Araújo
10º - Nina Melo
11º - Leo Cunha
12º - Max Barros
13º - Adriano Sarney
14º - Sousa Neto
15º - Eduardo Braide
16º - Carlinhos Florêncio
17º - Stênio Rezende
18º - Rigo Teles
19º - Bira do Pindaré
20º - Zé Inácio
21º - Ricardo Rios
22º - Rogério Cafeteira
23º - Neto Evangelista
24º - César Pires
25º - Alexandre Almeida
26º - Fábio Macedo
27º - Paulo Neto
28º - Raimundo Cutrim
29º - Valéria Macedo
30º - Vinícius Louro
31º - Júnior Verde
32º - Edvaldo Holanda
33º - Professor Marco Aurélio
34º - Sérgio Frota
35º - Graça Paz
36º - Othelino Neto
37º - Fábio Braga
38º - Hemetério Weba
39º - Francisca Primo
40º - Wellington do Curso
41º - Dr. Levi Pontes
42º - Cabo Campos

Dados: Tribunal Superior Eleitoral.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Canal Arte 1 exibe matéria sobre artista plástico piodozense



O canal Arte 1 exibe nesta segunda-feira matéria sobre o artista plástico Marcone Moreira.
Marcone, um dos grandes artistas plásticos brasileiros, é natural de Pio XII. A matéria será exibida no programa “Um Artista” nesta segunda, 29, às 18h30min, amanhã, às 13h25min e na quarta, 1º de outubro, às 19h30min. Marcone é um dos 13 jovens artistas contemporâneos que serão apresentados pela série “Um Artista”, do canal Arte 1.
O Arte 1 é um canal do grupo Band dedicado à arte, exibido na TV por assinatura através de operadoras como a Sky e a Claro TV.
Em 2010, o Notícias de Pio XII postou uma matéria sobre o jovem artista plástico piodozense, que pode ser lida clicando no link abaixo:



quinta-feira, 29 de maio de 2014

SEMED divulga Edital do Brasil Alfabetizado




CHAMADA PÚBLICA PBA 2014
PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO
SELEÇÃO DE ALFABETIZADORES E COORDENADORES DE TURMA PARA O PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO/PIO XII.
EDITAL DE ABERTURA N° 01/2014

A SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE PIO XII, no uso de suas atribuições legais, torna público para conhecimento dos interessados que estão abertas as inscrições para a Chamada Pública n° 01/2014, destinada à seleção de candidatos ao preenchimento de vagas para a prestação de atividade voluntária por tempo determinado (oito meses) no Programa Brasil Alfabetizado/Pio XII nos termos e nas condições disciplinadas pela Resolução/CD/FNDE n°52, de 11 de Dezembro de 2013. A Chamada Pública estará sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Educação e reger-se-á nos termos previstos neste Edital e na legislação pertinente.

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS:
1.1 A Chamada Pública será regida por este Edital e pela legislação vigente sendo executada, desenvolvida e organizada pela Secretaria Municipal de Educação/Pio XII;
1.2 Esta Chamada Pública visa o preenchimento de vagas para a prestação de atividade voluntária, por tempo determinado (oito meses), com atuação no Programa Brasil Alfabetizado/Pio XII.

2.  DOS REQUISITOS MÍNIMOS PARA PARTICIPAR DA SELEÇÃO E DA INSCRIÇÂO
2.1 DOS REQUISITOS MÍNIMOS
2.1.1 Ser brasileiro ou estrangeiro que cumpra os requisitos legais para participar do processo seletivo;
2.1.2 Ter, no mínimo, 18 anos de idade completos;
2.1.3 Estar em dia com as obrigações da Justiça Eleitoral;
2.1.4 Apresentar o certificado de reservista ou de dispensa de incorporação no caso de brasileiro do sexo masculino;
2.1.5 Cumprir com os requisitos especificados para cada posto conforme a Resolução/CD/FNDE n° 52, de 11 de Dezembro de 2013 para os alfabetizadores, coordenadores de turmas, disponível no site do FNDE, no endereço: http://www.fnde.gov.br/fnde/legislacao/resolucoes/item/5142-resolu%C3%A7%C3%A3o-cd-fnde-n%C2%BA-52,-de-11-de-dezembro-de-2013;
2.1.6 Apresentar a cópia da documentação comprobatória da escolaridade específica para atuação no posto, acompanhada da via original para conferência;
2.1.7 Cumprir com as determinações deste Edital e demais requisitos da Resolução n° 52, de 11 de dezembro de 2013.
2.2 DAS INSCRIÇÕES
2.2.1 As inscrições devem ser realizadas junto à Secretaria de Educação de Pio XII, no período de 02/06/2014 a 04/06/2014;
2.2.2 Os candidatos deverão apresentar no ato da inscrição os seguintes documentos:
a) Cópia de Cédula de Identidade e do CPF, acompanhados dos originais;
b) Comprovação de estar em dia com o serviço militar, para os candidatos do sexo masculino, acompanhado de original;
c) Comprovação de estar em dia com a Justiça Eleitoral, acompanhado de original;
d) Comprovação da escolaridade (Ensino Médio ou Magistério, acompanhado de original);
e) Apresentar a documentação para classificação, conforme o item 9 deste Edital.

3. DO PROCESSO SELETIVO
3.1 A seleção será feita por análise documental e curricular.

4 DAS VAGAS DISPONÍVEIS
4.1 Quadro demonstrativo de vagas:
Zona urbana
Alfabetizadores = 17 vagas
Alfabetizadores-Coordenadores de turmas = 3 vagas
Tradutores intérpretes de Libras = 6 vagas
Zona rural
Alfabetizadores = 62 vagas
Alfabetizadores-Coordenadores de turmas = 12 vagas
Tradutores intérpretes de Libras = 10 vagas

4.2 DAS ATRIBUIÇÕES DOS POSTOS
4.2.1 ALFABETIZADOR
a) Realizar atividade voluntária de alfabetização em turmas de jovens e adultos, durante os 8 (oito) meses de duração da turma, cumprindo a carga horária mínima de 320 horas/aula, nos termos  do Programa Brasil Alfabetizado.
b) Desenvolver, com o auxílio o coordenador de turmas, ações de acompanhamento e registro da frequência dos alfabetizandos.
c) Participar, obrigatoriamente, da Formação Inicial e Continuada. 
d) Desenvolver proposta pedagógica conforme orientação da Secretaria da Educação integrada entre os componentes curriculares e os conteúdos do Ensino Fundamental, de modo a apoiar a qualificação profissional e a ação comunitária.
e) Orientar a turma em relação ao Plano Pedagógico da Secretaria da Educação, juntamente com o coordenador das turmas.
f) Acompanhar e orientar o processo de ensino-aprendizagem dos alfabetizandos.
g) Realizar registro das produções dos jovens e adultos, através de elaboração de portfólios e relatórios de sala de aula.
h) Participar do processo de captação de alunos desde o início da formação das turmas e fazer visitas domiciliares periódicas ao (a) aluno (a) como forma de incentivo e prevenção da evasão escolar.
4.2.2 TRADUTOR INTÉRPRETE DE LIBRAS
a) Participar, obrigatoriamente, da Formação Inicial e Continuada.
b) Desenvolver, em parceria com o professor alfabetizador, proposta pedagógica conforme orientação da Secretaria da Educação, integrada entre os componentes curriculares e os conteúdos do ensino fundamental, de modo a apoiar a qualificação profissional e a ação comunitária.
c) Participar do planejamento das aulas.
d) Estimular a autonomia do estudante com surdez.
e) Estimular e interpretar a comunicação entre colegas surdos e ouvintes.
f) Orientar os estudantes com surdez, usuário de Libras, em relação ao Plano Pedagógico da Secretaria da Educação, juntamente com o coordenador das turmas.
g) Traduzir e interpretar de maneira simultânea ou consecutiva a Língua Brasileira de Sinais para alunos com surdez.
h) Receber, acompanhar e orientar as produções mensais dos educandos com surdez usuários de Libras.
i) Realizar registro das produções dos jovens e adultos com surdez através de elaboração de portfólios e relatórios de sala de aula, em conjunto com o professor alfabetizador.
j) Aplicar testes de habilidades e conhecimentos ao final de cada mês aos alfabetizandos com surdez usuários de Libras, elaborados juntamente com o professor alfabetizador.
l) Atuar como mediador da aprendizagem, entre os estudantes com surdez e ouvintes, entre os professores das classes comuns e os das salas de recursos multifuncionais (quando o estudante com surdez frequentar atendimento educacional especializado).
m) Aplicar sistematicamente instrumentos de avaliação das aprendizagens relativas à apropriação da leitura e escrita construídas pelos alfabetizandos.
n) Realizar planejamentos individuais e coletivos.
o) Desenvolver atividades pedagógicas diversificadas.
p) Participar do processo de captação de alunos desde o início da formação das turmas e fazer visitas domiciliares periódicas ao (a) aluno (a) como forma de incentivo e prevenção da evasão escolar.
4.2.3. COORDENADOR DE TURMA
a) Acompanhar o processo e estratégias de alfabetização de jovens e adultos nos locais em que ele ocorre, fazendo a supervisão pedagógica da alfabetização, em cada uma das turmas a ele vinculadas.
b) Assessorar o planejamento, a aplicação e análise dos testes cognitivos de entrada e de saída dos alfabetizandos, encaminhando os resultados dos mesmos ao Gestor Local.
c) Orientar os alfabetizadores a utilizarem os resultados dos testes cognitivos de entrada para diagnosticar o perfil dos alfabetizandos e planejar ações de alfabetização mais adequadas aos jovens e adultos da turma.
d) Garantir a entrega do resultado da situação inicial e final dos alfabetizandos à Secretaria da Educação, até 30 (trinta) dias após o início das atividades da turma e até 15 (quinze) dias antes de seu término.
e) Responsabilizar-se pela coordenação, articulação e integração do plano das atividades das turmas.
f) Participar, obrigatoriamente, da Formação Inicial e Continuada.
g) Identificar e relatar ao Gestor Local as dificuldades encontradas na implantação do Programa.
h) Supervisionar as ações relacionadas ao registro civil dos alfabetizandos, exames oftalmológicos e distribuição de óculos.
i) Desenvolver ações, juntamente com o alfabetizador, relacionadas ao controle e supervisão de frequência dos alfabetizandos, consolidando as informações em relatório mensal de frequência.
j) Constituir, em conjunto com o alfabetizador, estratégias para favorecer a permanência do alfabetizando nas turmas, bem como articular a continuidade dos estudos dos alfabetizados na Educação de Jovens e Adultos (EJA).
l) Participar do processo de captação de alunos desde o início da formação das turmas e fazer visitas domiciliares periódicas ao (a) aluno (a) como forma de incentivo e prevenção da evasão escolar .    

5. DO CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA
5.1 Os candidatos classificados deverão participar do curso de Formação Inicial, com carga horária de 40 horas presenciais, assinando termo comprometendo-se em realizar a formação;
5.2 O curso de Formação Inicial é obrigatório, com frequência mínima de 75% (setenta e cinco por cento);
5.3 A participação no curso de Formação Inicial não gera vínculo empregatício ou estatutário;
5.4 A participação do candidato no curso de Formação Inicial não assegurará o direito à adesão automática para o posto para o qual se habilitou, estando condicionada à necessidade do Programa;
5.5 Os alfabetizadores, coordenadores de turma deverão participar, obrigatoriamente, de Formação Continuada, com duração total de 64 (sessenta e quatro) horas, desenvolvida ao longo dos oito meses de atividades do Programa Brasil Alfabetizado/Pio XII, distribuídas em 8 (oito) encontros mensais com carga horária de 8 (oito) horas cada;
5.6 A Formação Inicial e a Continuada para os alfabetizadores, coordenadores de turmas, ocorrerá em dia, hora e local a serem definidos e divulgados pela SEMED e no site oficial da Prefeitura.

6. DA CARGA HORÁRIA
6.1 10 horas semanais, sendo duas horas de aula por dia.

7. VALOR DA BOLSA
7.1 Bolsa Voluntária: R$ 400,00 para Professor Alfabetizador e R$ 600,00 para Alfabetizador –
Coordenador.

8. DA VALIDADE
8.1 Esta Chamada Pública terá validade de 8 meses, a contar da data de publicação do  extrato  do Edital de Homologação do resultado.

9. DO CRONOGRAMA DA CHAMADA PÚBLICA
9.1 Publicação da Chamada pública: 29/05/2014.
9.2 Período de inscrição: 02/06 a 04/06/2014.
9.3 Horário de inscrição: 8h30min às 12h30min.
9.4 Local: sede da Secretaria Municipal de Educação de Pio XII.
9.5 Divulgação dos selecionados: 09/06/2014.
9.6 A divulgação dos selecionados será afixada em mural público na Prefeitura Municipal de Pio XII e na Secretaria Municipal de Educação.



Secretaria Municipal de Educação de Pio XII – MA



Iracélia Naiva de Oliveira
Secretária Adjunta de Educação do Município de Pio XII

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Prefeitura de Pio XII recebe 636 mil reais para recuperação de estradas e implantação de abastecimento de água na zona rural




Recebi e-mail da Controladoria Geral da União (CGU) divulgando convênio entre a Prefeitura de Pio XII e o Ministério do Desenvolvimento Agrário. O convênio é referente à recuperação de estradas vicinais. Abaixo os dados completos do convênio:

Número Convênio: 787203
Objeto: 1.0 - Recuperação de estradas vicinais nos PAs situados no município de PIO XII. - PA São José da Mata, Lago da Carnaúba e Segunda Conquista 2.0 - Implantação de 4 Sistemas Simplificados de abastecimento de Água.- PA Jeovah, São José da Mata, Santa Clara e Lago da Carnaúba. CONFORME O PROJETO BÁSICO E PLANO DE TRABALHO.
Órgão Superior: MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO
Convenente: PREFEITURA MUNICIPAL DE PIO XII
Valor Total: R$ 2.122.348,13
Data da Última Liberação: 13/05/2014
Valor da Última Liberação: R$ 636.704,44

sexta-feira, 2 de maio de 2014

MA é o 10º no ranking nacional do Disque 180, voltado ao enfrentamento da violência contra mulheres. No Maranhão, Pio XII ocupa 22º lugar.



O Estado do Maranhão ocupa a 10ª posição na classificação nacional de acesso ao Disque 180, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR). Em números absolutos houve 19.326 atendimentos no Maranhão. Dentro do ranking nacional, a taxa de registro do estado foi de 583,72 por 100 mil mulheres em 2013, de acordo com o Balanço Anual da Central de Atendimento à Mulher – Disque 180, divulgado na última quinta-feira (24/4).
A cidade de Sambaíba se destacou entre os municípios maran
henses que procuraram o serviço. Com taxa de registro de 1.002,70 por 100 mil mulheres, Sambaíba lidera a classificação estadual. São Luís e Jatobá vêm logo em seguida, apresentando taxas de 834,66 e 805,11, respectivamente.

Panorama nacional

A população feminina do Distrito Federal (DF) liderou, em 2013, o ranking nacional de registros na Central de Atendimento à Mulher – Disque 180.  
Segundo o levantamento, o DF alcançou taxa de registro de 1.171,02 por 100 mil mulheres. A vice-liderança foi ocupada pelas paraenses, com taxa de 809,44. A terceira posição ficou com o Amapá, com taxa de 742,78 acessos ao Disque 180. 

Balanço 2013

A Central de Atendimento à Mulher – Disque 180 atingiu 532.711 registros no ano passado, totalizando quase 3,6 milhões de ligações desde que o serviço foi criado em 2005.
A violência física representa 54% dos casos relatados e a psicológica, 30%. No ano, houve 620 denúncias de cárcere privado e 340 de tráfico de pessoas. Foram registradas ainda 1.151 denúncias de violência sexual em 2013, o que corresponde à média de três ligações por dia sobre o tema.
O levantamento do serviço aponta que em 2013 subiu de 50% para 70% o percentual de municípios de origem das chamadas. Cresceu também — em 20% — a porcentagem de mulheres que denunciou a violência logo no primeiro episódio. 
Relatos de violência apontam que os autores das agressões são, em 81% dos casos, pessoas que têm ou tiveram vínculo afetivo com as vítimas.

Em Pio XII

A cidade de Pio XII ocupa o 22º lugar no ranking de denúncias ao 180 no Maranhão. Foram 40 denúncias em 2013. Considerando o fato de que existem 217 municípios no Maranhão, é preocupante a posição ocupada por Pio XII. É preciso fazer um sério trabalho de combate ao machismo e a violência no município.

Ver matéria no O Imparcial: